Documentário Ethiopia Dances for Joy

Ethiopia DAnces

Fonte: Tamalyns Films

E cá está mais uma contribuição minha para o Tribal Archive! Minha segunda review relacionada a documentários. :3

Depois do “The Fez”, a vez agora é do “Ethiopia Dances for Joy”! Segue um trechinho da introdução:

“Se você ama aprender sobre outras culturas do mundo, o documentário “Ethiopia Dances for Joy” é uma ótima pedida! Este pequeno filme é fortemente voltado para danças tradicionais, mas não qualquer dança: o documentário se foca em apresentar diversas manifestações folclóricas típicas de diversas regiões da Etiópia! Produzido, filmado e dirigido pela mestra da Dança Oriental Tamalyn Dallal e editado por George Achi, o filme nos carrega para o meio de um povo exótico de terras distantes. “

Você pode ler o restante e saber mais sobre este pequeno documentário aqui!

Anúncios

Quando a inércia nos mantêm em movimento

e45c23c4-8a3d-11e5-b83c-d19cbf2f2c52-780x520

Fonte: matéria do Seattle Times, sobre a performance “Kaash”, de Akram Khan.

“Como assim? Inércia e movimento? Como as duas podem estar juntas?

Dançar é movimentar-se conforme um ritmo, não? Dançar é deixar fluir movimentos de acordo com uma música. Dançar é mexer o corpo. Sem movimento, sem fluxo, não há dança!

Essa é uma das formas mais tradicionais de se definir o que é dança. Porém, o que muitas de nós não percebemos – ou não aprendemos – é que existe uma miríade de tipos de movimento, com suas particulares e características. Rápidos, lentos, intensos, suaves. E momentos sem movimento! Não seria um paradoxo?”

Esta é parte da introdução do meu novo artigo para o Tribal Archive! Nele, abordo quatro tópicos que envolvem diferentes momentos ou percepções em que estar parado, respirar ou ter paciência são imprescindíveis para a nossa saúde dançante.

Confere o resto aqui! 😀

Documentário The Fez!

fonte_kickstarted_roxxane

Fonte: projeto Kickstarted de Roxxane Shelaby

Mais um artigo saindo do forno no Tribal Archive! 😀

Este, em particular, foi uma resenha minha do documentário The Fez, disponibilizado recentemente no site Datura Online, que foi especialmente delicioso de fazer. Mergulhar em um pedacinho da história da Dança do Ventre e do Tribal apreciando imagens e vídeos raros de um dos locais mais famosos em sua época, e que teve tamanho impacto na percepção mundial da dança e cultura árabe… não tem preço! ❤

Confiram o review completo escrito por mim aqui!