Abaixo você encontra fotos e informações sobre figurinos & outros itens que já produzi e seguiram viagem! Desde minhas primeiras experiências com ajustes, incrementos, modificações e criações do zero.

sosimby

– 2019 –

Coroa que produzi para caracterização de “Melinoë”. A “galhada” foi feita pela Petrus Brand, mas retirei-as da base, pra reposicionar e trocar a tiara de base. Adicionei pequenos galhos e correntes pra complementar. Os dreads também foram feitos por mim, mas há algum tempo. 🙂

~~~~~~~~~~

Figurino completo que produzi para meu grupo Agnipath! A composição das peças separadas permite uma boa diversidade de usos, como ilustrado pelas fotos. 🙂 A saia clara é um crepe (se não me engano) em godê simples, a escura e o “capuz” são de lurex com elastano, e a saia é do mesmo modelo que a branca que fiz para a performance “Isa”, sendo apenas um retângulo costurado na medida do quadril.

~~~~~~~~~~

Figurino que fiz para o grupo Templo do Oriente, com inspiração burlesca! Exceto pela saia (as quais apenas encurtei), produzi o resto do zero.

~~~~~~~~~~

Aqui, a produção foi mais focada nos acessórios. Utilizei um vestido, no qual tive de fazer ajustes pra ter um melhor caimento, e um cinturão do atelier Khalidah que modifiquei parcialmente. Substituí os acrílicos, e inseri vértebras nas correntes laterais. O bodychain, a coroa e o cajado foram feitos por mim, utilizando metais, pedras e ossos diversos (todos coletados na natureza).

sosimby

– 2018 –

Figurino feito para o meu “debut oficial” como coreógrafa, com meu grupo Agnipath! Calça gênio (não me recordo o tecido), painel azul, maguinhas e cinturão de lamê. Colar e flor com feltro, e lã para os pompoms.

~~~~~~~~~~

A arte de improvisar um figurino: é comigo mesmo. Aqui, a composição é toda minha, mas o “top” e o “cinturão” nada mais são que dois retângulos de tecido em que me amarrei. A saia é caso semelhante, uma das mais simples que há: sem cortes, e com apenas uma micro costurinha na medida do quadril. Fica meio retona atrás, mas tem um efeito geral muito bonito.

ANATH-EXTRAS-INSTA-180725-002

~~~~~~~~~~

Incrementos para um figurino incompleto e menor que seu número: “painel”/blusa frontal de malha, e tiras da mesma presas no acessório de pulso e lateral da saia.

MDV-563

sosimby

– 2017 –

Figurino completo de Tribal Fusion que fiz para um duo de alunas minhas. Calça gênio em malha (daquelas pesadinhas e geladinhas), lenço/xale de cetim (?) bordado e aplicação de franja, top e cinturão com veludo rosa e argolas compondo estes e o bodychain. 🙂

~~~~~~~~~~

Conjunto lilás feito totalmente por mim, para o Grupo Templo do Oriente. Baseado no modelo rosê (mais abaixo), fiz umas pequenas aplicações extras de uma apresentação para a outra.

~~~~~~~~~~

Este rosê foi inteiramente feito por mim – saia sereia de 5 painéis em malha, top e cinturão com a mesma malha e renda rosa com elastano. Ele foi um teste para fazer para o Grupo Templo do Oriente, mas esta cor estava em falta quando retornei para comprar para as as colegas restantes, então ficou só pra mim. ^^

~~~~~~~~~~

Calça listrada feita por mim! Foi minha primeira calça costurada do zero, mas o tecido era firme demais e não teve um caimento lá muito bom. Além disso, era pra ser uma boca-de-sino, mas a abertura e caimento ficaram bastante aquém do que eu gostaria e optei por esconder com uma bota de cano alto. :p

17

sosimby

– 2016 –

A partir daqui, comecei a brincar mais com produções. Desde a apenas incrementar uma base já pronta, a costurar figurinos inteiros! Tudo de maneira amadora e ainda insegura, mas que foi cimentando minha percepção de que era capaz de seguir fazendo.

~~~~~~~~~~

Este foi meu primeiro conjunto ~totalmente~ completo, que fiz para mim e duas alunas. Infelizmente não chegamos a estreá-lo. Foi uma aventura, cheia de pequenos probleminhas – como a altura da calça! Fiz uma espécie de “tornozeleira” pra compensar. Nestas fotos, que são do meu figurino, ainda faltam as correntinhas que iria inserir abaixo do top e no cinturão. O tecido vermelho brocado é um jackard, o top e cinturão foram forrados com cetim vermelho e renda preta com elastano em cima. O verde não me recordo, mas é firme e encorpado.

~~~~~~~~~~

Figurino quase completo que fiz para o solo no Underworld Fusion Fest, em Curitiba! A calça (na verdade, uma calça-base e outra de renda por cima) foram feitas por uma costureira, e eu fiz, do zero, o top, cinturão, e o cinto de tiras.

~~~~~~~~~~

Este roxo foi um dos meus primeiros figurinos completos feito por mim! Ou melhor, quase! hehehehe. A base do top e do cinturão são ambos do Atelier Zania Amaral, em cetim. Os bordados são meus, desta vez quase tudo costurado. A saia na realidade é 3-em-1, pois são independentes. Se não me engano, errei na medida da compra do cetim roxo, cujo godê não ia ser suficiente pra mim. Com a ajuda da minha mãe e avó, fiz três saias de godê simples, pra compor o efeito em camadas.

A de baixo, mais comprida, é de um tecido tipo voal, ou musselini, não me recordo agora, seguida de um cetim sem elastano, e por cima uma renda grossa.

~~~~~~~~~~

Modificação de calças/leggings. Cada uma do grupo forneceu uma legging, cortei fora o excesso abaixo do joelho e costurei duas camadas de godê, uma de voal (preto) e uma de renda (vermelha), para complementar um figurino moderno de Dança do Ventre pro Grupo Templo do Oriente.

12

~~~~~~~~~~

O top de veludo é do Atelier Joline Andrade, e as aplicações de metal e correntes são minhas. O cinturão é do Atelier Khalidah, mas o cinto com tiras é minha confecção.

~~~~~~~~~~

O figurino abaixo foi minha primeira vez bordando uma base já pronta. Top, cinturão e saia do Atelier Zania amaral, em veludo. Peguei o que tinha disponível em casa para montar, e gostei muito do resultado. Quase tudo foi colado, pois a maioria das peças não tinha furo para costura.

sosimby

– 2015 –

Aqui foi a primeira vez que me arrisquei a fazer uma peça para um grupo! Quando fazia o curso de Formação em Tribal Fusion, de Joline Andrade, em SP, o grupo em que eu estava ficou de criar uma coreografia de Indian Fusion. Tínhamos pouquíssimo tempo, e nem todas tinham condições de comprar um figurino completo. Optamos por cada uma montar o seu com o que tivesse à disposição, mas para poder ter algum detalhe homogêneo na estética, me ofereci para costurar calças estilo gênio! Não saiu perfeito, quase errei feio nas alturas, mas acabou funcionando. 🙂

sosimby

– 2012 –

No final do meu primeiro ano de Dança do Ventre, me joguei na aventura de dançar um solo. Mas tinha somente o figurino da Mostra que participei, e não queria repeti-lo. Como não tinha outras opções, peguei uma saia que havia comprado, descosturei uma junção e peguei um pedaço de tecido pra forrar um sutiã.

Ficou bem nhé, mas foi minha primeira experiência na arte de produzir o próprio figurino! (ainda que fosse só o top hehehehe)

sosimby