nome_PB

Minicurso / Workshop

Está buscando formas de se conectar com o Sagrado Feminino? Novas abordagens, ou algo mais aprofundado? Quer descobrir as diversas faces arquetípicas da Grande Deusa, ou avançar no Processo de Individuação?

Esta atividade tem exatamente esse objetivo! Utilizando o simbolismo de deusas do panteão Grego, e somando-os à linguagem da dança, a ideia é oferecer um método que permitirá à aluna vivenciar diferentes energias arquetípicas relacionadas ao Feminino, que podem ser experimentadas usando outros panteões ou simbolismos também.

Elaborando:

Assim como a linguagem falada, a expressão corporal tem a capacidade de refletir na nossa vida e no mundo. Dançar variadas deusas é uma das formas de trazer para o corpo a energia delas, e tudo o que representam, de modo que isso possa ser absorvido pela nossa psique e, consequentemente, nos fazendo entrar em contato com as muitas peças do quebra-cabeça que é o arquétipo do Feminino.

Nossa atual sociedade patriarcal vem, há milênios, ferindo, despedaçando e controlando tudo o que diz respeito à Mulher enquanto símbolo. Apesar de mulheres cisgênero serem os alvos óbvios, essa estrutura dissociativa também agride mulheres transgênero, LGBT+ e mesmo homens cisgênero e heterossexuais.

O Processo de Individuação – desenvolvido por Jung – busca a integração total do indivíduo, ou seja, nos tornarmos completos outra vez, montando as peças internas, conscientes e inconscientes.

3/4 Goddess foi pensado para auxiliar nesse processo, voltando a atenção para os aspectos Femininos, no intuito de resgatar algo que nos foi brutalmente tirado. Através das deusas gregas Afrodite, Ártemis, Atena e Hékate, iremos criar uma associação entre elas que engloba o simbolismo dos números 3 e 4, como expressões da totalidade.

Para cada uma delas haverá uma abordagem da dança diferente, além de trazer, também, a dinâmica representada por outro conjunto de deusas gregas: as Moiras. Conhecidas como Destino, elas ilustram os mecanismos do tempo: Passado, Presente e Futuro.

Demais informações:

A atividade tem 6 horas de duração, podendo ser aplicada em quatro aulas de 1h30min, duas de 3hs ou um único encontro com a carga total.

Com entrega de certificados e material teórico impresso, o público alvo é de adultos e adolescentes a partir de 14 anos, sem restrições de gênero. Afinal, todos temos um lado feminino, independente de gênero, sexo e orientação.

Aberto à todos os níveis e estilos de dança. Entretanto, o conteúdo do curso é voltado para a linguagem do Tribal Fusion e repertório de nível intermediário.

Se você tem interesse no assunto, mas não tem experiência no estilo de dança, poderá focar-se em aprender o método e sua base conceitual, para então experimentar com seu próprio repertório ou movimento livre! 😉

Próximas edições:

Spoilers!

Módulo I: Afrodite & o Passado – O Resgate da Sexualidade

Com inspiração nas linguagens da Dança do Ventre e do Tribaret (vertente do Tribal Fusion com ênfase na Dança do Ventre), iremos vivenciar a energia desta famosa deusa da beleza, do amor e do sexo, além de nos conscientizarmos de seu simbolismo e aspectos reprimidos culturalmente, resgatando do Passado a nossa natureza plena.

aphrodite

Módulo II: Ártemis & o Presente – A Busca pela Liberdade

Com inspiração nas linguagens do improviso e Neo Fusion (vertente do Tribal Fusion com ênfase na Dança Conteporânea), iremos vivenciar a energia desta deusa rebelde e livre, além de nos conscientizarmos de seu simbolismo e aspectos reprimidos culturalmente, trazendo para o Presente energia para lutarmos contra as injustiças.

artemis

Módulo III: Atena & o Futuro – O Despertar da Força

Com inspiração nas linguagens do Tribal Fusion (em seu aspecto intenso e elaborado) e Urban Tribal (vertente do Tribal Fusion com ênfase nas Danças Urbanas), iremos vivenciar a energia desta famosa deusa da sabedoria e da guerra, além de nos conscientizarmos de seu simbolismo e aspectos reprimidos culturalmente, projetando para o Futuro um mundo justo e de igualdade.

Athena

Módulo IV: Hékate & a Não-dualidade – A Integração da Sombra

Com inspiração nas linguagens do Dark Fusion (vertente do Tribal Fusion com expressividade e estéticas relativas ao obscuro), iremos vivenciar a energia desta grandiosa deusa do submundo e da magia, além de nos conscientizarmos de seu simbolismo e aspectos reprimidos culturalmente, transcendendo as barreiras do tempo e do espaço e realizando a Totalidade do Sagrado Feminino.

Hecateuncut

sosimby